O avanço da implementação do Código Florestal no Brasil

13 de dezembro de 2021

dez 13, 2021

Alexandre Igari, Alice Brites, Ana Paula Valdiones, Bertholdino Junior, Brígida Salgado, Bruno Grisotto Vello, Erika Pinto, Fábio Lúcio Martins Neto, Fernando Gallardo, Prioste Francisco das Chagas Sousa, Frederico Machado, Gerd Sparovek, Isabela Patrícia Camargo Soares da Cruz, Jean Timmers, Jéferson da Silva Pereira, Kaline de Mello, Leila Harfuch, Leonardo Martin Sobral, Luiza Muccillo de Barcellos, Marcelo Hugo de Medeiros Bezerra, Marcelo Posonski, Mauro José Capóssoli Armelin, Mauro Lúcio Costa, Milene Maia, Patrícia Machado, Pedro Gasparinetti, Rafael Feltran-Barbieri, Raissa Guerra, Raoni Rajão, Roberta del Giudice, Simone Milach, Tiago Reis

A avaliação traz uma série de textos  elaborados por inúmeros autores e instituições para compor um quadro oportuno sobre a implementação do atual Código Florestal Brasileiro (Lei nº 12.651/2012) e seus avanços de 2017 a 2020. O estudo indica caminhos para que municípios, estados, o governo federal e a sociedade civil unidos possam colocar em prática o código e pretende  contribuir na elaboração de estratégias robustas para a execução da lei e na manutenção da vegetação nativa dos diferentes biomas e de seus serviços ecossistêmicos.

Leia o artigo completo.

Baixar (sujeito à disponibilidade)

Download (subject to availability)



Este projeto está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Saiba mais em brasil.un.org/pt-br/sdgs.

Veja também

See also

Constructing a policy and institutional framework for an ecosystem-based approach to managing the Lower Amazon floodplain

Constructing a policy and institutional framework for an ecosystem-based approach to managing the Lower Amazon floodplain

A regional experiment in co-management is underway in the Lower Amazon that is developing the basic policy and institutional elements for an ecosystem-based approach to floodplain management. This initiative grew out of the grassroots movement of floodplain...

Manual Desenvolvimento Organizacional Participativo – Fortalecimento de Organizações de Base

Manual Desenvolvimento Organizacional Participativo – Fortalecimento de Organizações de Base

O objetivo deste manual do DOP, Desenvolvimento Organizacional Participativo, é qualificar consultores e técnicos que, em suas práticas, têm uma atuação direta com as organizações de base, apoiando-as no seu fortalecimento e desenvolvimento, por meio da consultoria e/ou assessoria organizacional como processo sistêmico.