×

IPAM Amazônia | Diversidade de cadeias produtivas é destaque em oficina do Desafio Conexsus

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Diversidade de cadeias produtivas é destaque em oficina do Desafio Conexsus

16.10.2018Notícias
daisy photographed from below

Representantes de cooperativas, associações, governo e sociedade civil se reuniram para discutir sobre a diversidade de cadeias produtivas e de perfis de empreendimentos durante a oficina “Negócios Comunitários Sustentáveis” do Desafio Conexsus, nos dias 2 e 3 de outubro, em Brasília.

Foram 20 organizações dos estados de Goiás, Tocantins, Ceará, Pará e Acre, e do Distrito Federal participando das atividades. “Ter proporcionado uma troca relevante entre organizações tão diversificadas em localidade – do Norte, Centro-Oeste, Nordeste – com realidades culturais e estágios de desenvolvimento diferentes, desde as em fase inicial até as mais estruturadas e consistentes, já foi um passo importante que reflete esse trabalho de dois meses e meio de oficinas pelo Brasil”, destaca o diretor-executivo da Conexsus, Valmir Ortega.

A secretária de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Juliana Ferreira Simões, destaca que o evento foi essencial para compartilhar vivências. “Além do grande diagnóstico desses empreendimentos que utilizam produtos da sociobiodiversidade, gerado pela Conexsus, o Desafio permite que pessoas e organizações se conheçam e troquem experiências entre si. No futuro, elas podem compartilhar com outras organizações, criando um círculo positivo de trocas, conexões e cooperação que vai ser bem positivo.”

Para a pesquisadora do IPAM Erika Pinto, presente na oficina, a oficina permitiu identificar as estratégias de iniciativas bem sucedidas e conectar com os projetos do Instituto. “No IPAM trabalhamos com agricultura familiar propondo o desenvolvimento econômico das famílias em equilíbrio com a conservação ambiental. Nesse cenário em que se investe na consolidação de negócios comunitários é fundamental a troca de experiências. Fazemos parte do Mercados Verdes, um projeto que tem como objetivo criar subsídios para a identificação dos principais desafios relacionados à oferta e demanda nas cadeias de comercialização de produtos da agricultura familiar. Nesse sentido, o evento agregou para perceber como levar autonomia e facilitar o acesso aos mercados”, afirma Pinto.

Além disso, o IPAM está com novos projetos, como é o caso do “Negócios familiares sustentáveis” que busca promover um incremento da renda da agricultura familiar na Amazônia por meio do apoio à produção e comercialização de produtos sustentáveis.

Foram realizadas ao todo 13 oficinas do desafio Conexsus por diferentes regiões do Brasil. Após a realização das oficinas, 70 participantes serão convidados a participar do Ciclo de Desenvolvimento de Negócios Comunitários Sustentáveis, que conta com uma jornada de aceleração, oficinas de modelagem de negócios, laboratório de soluções de acesso à comercialização e mercados, e laboratório de crédito e soluções financeiras.

Para mais informações acesse: https://desafioconexsus.org/

Fonte: Conexsus