×

IPAM Amazônia | Nosso apoio a Almir Suruí, mais um indígena intimado pela Polícia Federal

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Nosso apoio a Almir Suruí, mais um indígena intimado pela Polícia Federal

03.05.2021Opinião
daisy photographed from below
Líder indígena Almir Suruí, premiado pela ONU como “Herói da Floresta” em 2013.

Mais um líder indígena brasileiro, Almir Suruí, foi indiciado pela Polícia Federal em abril por questionar políticas federais voltadas às populações tradicionais. Tal qual a coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), Sonia Guajajara, ele é acusado de difamação pela Funai – órgão que deveria proteger e promover os direitos dos povos indígenas no Brasil.

Suruí foi premiado em 2008 pela Sociedade Internacional de Direitos Humanos e reconhecido, em 2013, pelas Nações Unidas como “Herói da Floresta”. Ele tem longa trajetória na defesa da pauta indígena e do meio ambiente. Nos últimos meses, colocou-se a serviço da proteção de seu povo contra o novo coronavírus. A população indígena é uma das mais vulneráveis à pandemia de covid-19, situação que tem sido agravada pela subnotificação de casos e mortes, criando dificuldades para uma vacinação correta.

O IPAM manifesta seu apoio público a Almir Suruí, aos povos indígenas e a outras figuras públicas que têm sofrido questionamentos por críticas feitas ao governo federal. O uso da máquina do Estado para tentar cercear a liberdade de expressão e de opinião fere preceitos fundamentais da democracia e das liberdades individuais consagradas no Artigo 5º da nossa Constituição Federal, e fragiliza as ações de controle social das políticas públicas nacionais.