×

IPAM Amazônia | Estados ganham guia para implantação do Programa de Regularização Ambiental

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Estados ganham guia para implantação do Programa de Regularização Ambiental

12.07.2016Notícias
daisy photographed from below

O Observatório do Código Florestal, do qual o IPAM faz parte, lança hoje o “Guia para a Elaboração dos Programas de Regularização Ambiental dos Estados”, com o objetivo de contribuir com os poderes públicos estaduais e do Distrito Federal para regulamentarem e colocarem em prática esse dispositivo do Código Florestal.

O Programa de Regularização Ambiental (PRA) é um passo seguinte à realização do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e permite aos proprietários rurais com passivos ambientais se adequarem à lei.

O guia sintetiza elementos relevantes para tornar o PRA efetivo, seguro juridicamente e eficiente do ponto de vista ambiental, com regras gerais sobre áreas de preservação permanente, de uso restrito e reserva legal; especificidades relativas aos pequenos proprietários; informações sobre incentivos econômicos; e infrações e penalidades.

Os Estados, o Distrito Federal e os municípios devem editar normas de caráter específico para a implantação das leis ambientais, em razão de suas peculiaridades territoriais, climáticas, históricas, culturais, econômicas e sociais. “Dessa forma, o Programa de Regularização Ambiental, se adequadamente regulamentado e implementado em cada estado, como orienta o guia, garantirá a restauração e a conservação da vegetação nativa e de todas suas funções ecológicas”, afirma o pesquisador de políticas públicas do IPAM, Tiago Reis.

O documento propõe ainda uma série de ações para garantir a implantação do Código Florestal, como realização de vistorias remotas e em campo, elaboração de relatórios anuais com metas e indicadores de regularização ambiental e divulgação de dados para os órgãos controladores e a sociedade acompanharem sua evolução.

O “Guia para a Elaboração dos Programas de Regularização Ambiental dos Estados” é gratuito e disponível para download.