×

IPAM Amazônia | Riparian forests buffer the negative effects of cropland on macroinvertebrate diversity in lowland Amazonian streams

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Riparian forests buffer the negative effects of cropland on macroinvertebrate diversity in lowland Amazonian streams

06.05.2021Artigos científicos N. C. S. Marques, K. J. Jankowski, M. N. Macedo, L. Juen, A. Luiza-Andrade, L. A. Deegan

Riparian forests regulate stream ecosystems and biodiversity. Therefore, changes to riparian structure may threaten stream ecosystem function by triggering taxonomic and functional changes to aquatic communities. Because macroinvertebrate assemblages are sensitive to environmental changes, they can be effective indicators of stream integrity in disturbed landscapes. To assess the role of riparian forests in maintaining tropical stream communities in areas experiencing large-scale watershed disturbance, we quantified the taxonomic and functional response of stream macroinvertebrate communities to forest clearing in the southeastern Amazon’s agricultural frontier, a region experiencing widespread deforestation. Our results show that watershed deforestation can lead to significant changes in macroinvertebrate richness and community composition. We found a predominance of shredders in forested watersheds; scrapers in cropland watersheds with riparian forests; and collector-filterers in cropland watersheds without riparian forest buffers. Taxonomic composition was controlled by available organic material in forested watersheds and by periphyton in cropland sites regardless of whether they had a riparian buffer. Our results show that the clearing of riparian forests alters food sources supporting aquatic food webs, leading to ecosystem-level shifts through changes in light and temperature dynamics that affect aquatic communities in areas with intense land-use change such as the southeastern Amazon.

Leia o artigo completo.

Read the full article.


Este projeto está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Saiba mais em https://brasil.un.org/pt-br/sdgs.