Amazônia em Pauta 5: Financiamentos não reembolsáveis para a gestão ambiental municipal e seus desafios

20 de abril de 2015

abr 20, 2015

Kate Dayana Rodrigues de Abreu, Fernando Burgos Pimentel dos Santos, Ana Carolina Crisostomo, Andrea Azevedo

A pesquisa realizada conjuntamente pelo IPAM e pelo Centro de Estudos em Administração Pública e Governo da Fundação Getúlio Vargas (CEAPG-FGV) teve como foco as transferências intergovernamentais voluntárias, com os objetivos de analisar os principais fundos públicos federais de financiamento não reembolsável para a gestão ambiental municipal, a partir da identificação da atuação dessas fontes de financiamento e das características dos municípios que as acessaram em 2011, 2012 e 2013; e (2) identificar as principais dificuldades de acesso a esses recursos sob a ótica dos possíveis financiados e financiadores.

Baixar (sujeito à disponibilidade)

Download (subject to availability)



Este projeto está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Saiba mais em brasil.un.org/pt-br/sdgs.

Veja também

See also

Boletim Amazônia em Pauta 7 – Estratégias para reorientar o Pronaf para atividades produtivas de baixo impacto ambiental na Amazônia Legal

Boletim Amazônia em Pauta 7 – Estratégias para reorientar o Pronaf para atividades produtivas de baixo impacto ambiental na Amazônia Legal

O Pronaf se tornou a principal política de apoio à agricultura familiar, a partir da qual outras políticas e programas foram elaborados de forma a integrar as ações governamentais para este segmento social - nos últimos 20 anos, foram investidos cerca de R$ 160 bilhões no Brasil. Mas é preciso repensar sua implementação considerando seu potencial como estímulo ao desenvolvimento sustentável.