×

IPAM Amazônia | Confira a agenda do IPAM na 23ª Conferência do Clima, em Bonn, na Alemanha

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Confira a agenda do IPAM na 23ª Conferência do Clima, em Bonn, na Alemanha

01.11.2017Notícias
daisy photographed from below

O IPAM está participando da 23a Conferência do Clima da ONU, que acontece neste ano em Bonn, na Alemanha. Com a presidência de Fiji, pequena ilha do Oceano Pacífico cuja existência é ameaçada pela elevação dos mares, a COP 23 está focada no chamado “livro de regras” do Acordo de Paris. O acordo entrou em vigor no ano passado e estabelece limites de emissão de gases do efeito estufa, para que as mudanças climáticas sejam controladas.

Ainda que o foco das negociações diplomáticas seja dado a tais regras, a COP transformou-se no ápice dos debates internacionais sobre o tema. Neste ano, o IPAM participa de uma série de eventos que discutem a contribuição brasileira para o controle do aquecimento global e a busca por soluções internas que podem ter impacto global.

Confira abaixo a agenda do IPAM e acompanhe as notícias pelo site e pelas redes sociais. Se quiser saber mais sobre mudanças climáticas e o papel das florestas, confira nosso curso on-line e gratuito.

6 a 11 de novembro

Stand do IPAM

Amazônia e Cerrado, os maiores biomas brasileiros e sua importância climática.

Local: Bonn Zone

Horário: 8h – 22h (hora local)

9 de novembro

O Cerrado brasileiro

A taxa de desmatamento no Cerrado tem crescido dramaticamente, colocando em risco os esforços brasileiros para controlar suas emissões de gases do efeito estufa. No evento, o IPAM apresentará nossas informações sobre a dinâmica de mudança de uso do solo no Cerrado e seus impactos na produção e na exportação de commodities.

Local: Espaço Brasil, stand da delegação brasileira, Bula Zone 3

Horário: 11h30 – 12h40 (hora local)

O mapa do desmatamento zero

Um grupo de oito ONGs brasileiras mostra, em primeira mão, os desafios e as possibilidades de zerar o desmatamento, legal e ilegal, na Amazônia e seu impacto favorável para o estabelecimento de metas brasileiras mais ambiciosas de redução de emissão de gases estufa.

Local: Espaço Brasil, stand da delegação brasileira, Bonn Zone 3

Horário: 15h – 16h10 (hora local)

Tecnologia para fortalecer o conhecimento tradicional dos povos indígenas

As mudanças climáticas, combinadas com o desmatamento, aumentaram a ocorrência do fogo na Amazônia brasileira, e o conhecimento tradicional não é mais suficiente para povos indígenas se adaptarem. Um aplicativo que informa os povos indígenas da Amazônia sobre esses riscos tem sido usado com sucesso para apoiá-los neste movimento.

Local: Pavilhão Indígena

Horário: 15h45 – 17h00 (hora local)

10 de novembro

Ameaças a povos indígenas e ao ambiente

Apesar de sua contribuição para a preservação ambiental e o equilíbrio climático – mais de 1 bilhão de toneladas de carbono estão estocadas em suas terras –, os povos indígenas do Brasil têm sofrido intensos ataques contra seus direitos.

Local: Pavilhão Indígena

Horário: 14h – 15h15 (hora local)

Termômetro do Código Florestal

Apresentação da nova ferramenta de geoprocessamento do IPAM, que traz em uma plataforma web e em um aplicativo transparência sobre a implementação da lei florestal brasileira, com 31 indicadores, além de um ranking de estados.

Local: Espaço Brasil, stand da delegação brasileira, Bonn Zone 3

Horário: 16h30 – 17h40 (hora local)

 

Proposta indígena para mitigação, adaptação e financiamento de políticas climáticas no Brasil

No evento, os povos indígenas apresentam propostas a serem incluídas no Plano Nacional de Adaptação, à Estratégia Nacional de REDD+ e à Estratégia Nacional para o Fundo Climático Verde (GCF, na sigla em inglês).

Local: Pavilhão Indígena

Horário: 18h30 – 19h45 (hora local)

13 de novembro

Desafios da segurança alimentar e da expansão da fronteira agrícola no Brasil

Debate sobre o incremento da produção de alimentos no país nos próximos anos. Em linha com os objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS), pretende-se abordar questões como produtividade, restauração da cobertura vegetal, queda da demanda por novas áreas de produção, expansão da fronteira agrícola, entre outros.

Local: Espaço Brasil, stand da delegação brasileira, Bonn Zone 3

Horário: 12h30 – 14h

Coletiva de imprensa: apresentação do mapa para o desmatamento zero

Local: sala a confirmar, Bonn Zone 3

Horário: 13h – 13h30

14 de novembro

Amazon-Bonn

O Ministério do Meio Ambiente do Brasil e o Fórum dos Governadores da Amazônia Legal, ao lado do Ministério para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico da Alemanha (BMZ), do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES)/Fundo Amazônia e do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), convidam governos, setor privado e sociedade civil para discutirem os desafios e as oportunidades envolvidas no trabalho pelo desenvolvimento sustentável na Amazônia. Inscrições devem ser feitas em www.amazonbonn.org.

Local: Museu de Arte de Bonn (Kunstmuseum Bonn), Friedrich-Ebert-Allee 2, 53113

Horário: 8h30 – 18h30

15 de novembro

 1-Day Island

O IPAM apresentará diversos estudos, plataformas e aplicativos envolvendo a Amazônia e o Cerrado.

Local: Bonn Zone

Horário:

10h – 11h – O mapa do desmatamento zero

11h-12h – Cerrado: a segunda maior fonte de emissões de gases de efeito estufa relacionada ao uso da terra no Brasil

15h-16h – Termômetro do Código Florestal

17h-18h – Transamazônica+25: mudanças da paisagem 

Coletiva de imprensa: líderes indígenas amazônicos

Local: sala a confirmar, Bonn Zone 3

Horário: 14h – 14h30 (hora local)

16 de novembro

Fundo Amazônia: contribuindo para o alcance das metas brasileiras

O IPAM apresentará os resultados do Projeto Assentamentos Sustentáveis (PAS).

Local: Espaço Brasil

Horário: 12h30-13h40 (hora local)