×

IPAM Amazônia | Marina Silva representa a volta do Brasil aos trilhos da sustentabilidade

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Marina Silva representa a volta do Brasil aos trilhos da sustentabilidade

04.01.2023Opinião
daisy photographed from below
Nova ministra tem as credenciais para devolver o país ao debate sobre as mudanças climáticas e conciliar a conservação socioambiental com a produção sustentável. Foto: Bibiana Garrido/IPAM

O IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) cumprimenta a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, pela posse, nesta quarta-feira (4). Ao assumir o cargo, ela carrega a esperança da retomada do protagonismo internacional do Brasil no debate sobre as mudanças climáticas e a conciliação entre conservação socioambiental e produção sustentável.

“Marina é o nome acertado para o Ministério. Deixou um legado de redução do desmatamento, foi responsável por avanços do Brasil nas negociações de clima que resultaram na criação do Fundo Amazonia e pela implementação de um plano de desenvolvimento socioeconômico e ambiental para a região”, afirmou o diretor executivo substituto do IPAM, Paulo Moutinho.

“Marina é o que o Brasil precisa para ajudar a trazer de volta o país para os trilhos da sustentabilidade. O mundo sabe o que ela fez. Suas ações levaram o Brasil a ser um líder ambiental e uma inspiração no combate ao desmatamento”, enfatizou a Diretora de Ciência do IPAM, Ane Alencar.