×

IPAM Amazônia | Nota de pesar pela morte de Heder Queiroz, parceiro do Instituto Socioambiental

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Nota de pesar pela morte de Heder Queiroz, parceiro do Instituto Socioambiental

10.05.2021Opinião
daisy photographed from below

O IPAM lamenta profundamente a perda de Heber Queiroz, parceiro em Mato Grosso, plantador de árvores e de sonhos. Enviamos nossos sentimentos aos parceiros do Instituto Socioambiental, a seus amigos e à família e Heber.

“Heber Queiroz Alves começou como semente.

Estagiário, deu os primeiros passos no Instituto Socioambiental (ISA) em 2007, quando tinha apenas 22 anos e um olhar de conhecedor dos caminhos do Xingu e do Araguaia, no Mato Grosso. Era técnico de geoprocessamento. Fazia mapas.

Então germinou.

Sempre atencioso e dedicado, ele fez os mapas das primeiras agroflorestas plantadas com as muvucas, as famosas misturas de sementes florestais. Isso foi durante a campanha Y Ikatu Xingu, ou Salve a Água Boa do Xingu, que mostrou ao mundo a importância da recuperação e proteção das nascentes do rio Xingu.

E foi crescendo.

Passou a coordenar a Adequação Socioambiental do ISA em Canarana (MT), com destaque para os projetos e iniciativas de Restauração Florestal. Em uma entrevista publicada em 2019, Heber disse que “um dos grandes ganhos do trabalho [de plantar florestas] foi unir pessoas com visões de mundo diferentes, mas todos trabalhando em prol do bem comum.”

Quem trabalhou com Heber sabe do privilégio que teve. Sua voz doce e calma, sempre perseverante e responsável, ofertava respeito e amor pelos parceiros de jornada. Falava generoso com todo mundo. Produtor rural, indígena, assentado, jornalista, colega, pesquisador, não importa. Trazia força, trazia paz.

E sua sabedoria se multiplicou.

Heber Queiroz Alves, 36 anos, marido e pai amoroso, profissional competente e dedicado. Corintiano roxo, bom de xadrez, casado com Bruna Dayanna, diretora da Associação Rede de Sementes do Xingu. Família de plantadores de florestas. Muitas florestas.

Heber ajudou a plantar mais de 6 mil hectares de florestas, ou pelo menos 18 milhões de árvores. Acreditava em um futuro melhor para seus filhos, Lívia e Breno. E, para nossa sorte, acreditava em um futuro melhor para os filhos de todos nós.

Ele nos deixou nesta segunda-feira (10/5) vítima da Covid-19 em Barra do Garças (MT), onde estava internado.

Obrigado, Heber.

Você é e sempre será um exemplo de compromisso com a vida.”

Texto reproduzido do Instituto Socioambiental.