×

IPAM Amazônia | Nota de pesar: parte Fátima Barros, liderança quilombola defensora do Cerrado

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Nota de pesar: parte Fátima Barros, liderança quilombola defensora do Cerrado

07.04.2021Artigos
daisy photographed from below
Fátima Barros deixa legado de resistência e luta. Foto: divulgação/Tô no Mapa

Fátima Barros, esta é a admirável raiz que queremos lembrar hoje e sempre. Mulher, negra, quilombola, liderança comunitária e nacional em defesa do Cerrado.

Referência na luta social, Fátima se foi nesta terça-feira, dia 6 de abril, como mais uma vítima da covid-19. Sua força e exemplo deixam um legado de resistência e de luta.

Ao longo de sua história, ela foi presença constante em mobilizações, compartilhando saberes e defendendo os direitos dos povos do Cerrado.

O IPAM sente imensamente a perda e a lacuna que Fátima deixa na proteção dos povos e das comunidades tradicionais e de seus territórios.

Enviamos toda a solidariedade à comunidade Ilha de São Vicente, situada em Araguatins, no Bico do Papagaio (TO), na qual Fátima fazia sua morada, bem como a todos os familiares e amigos.

Que os esforços de Fátima não sejam em vão e que eles consigam permear os corações e a coragem de quem fica por aqui, inspirando os caminhos da luta pelos povos quilombolas e por tantas outras comunidades tradicionais do nosso país.