×

IPAM Amazônia | MapBiomas recebe prêmio de Inovação Social Coletiva em Davos

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

MapBiomas recebe prêmio de Inovação Social Coletiva em Davos

18.01.2023Notícias
daisy photographed from below
Equipe do IPAM e do MapBiomas em expedição científica pelo Cerrado (Foto: Bibiana Garrido/IPAM)

O MapBiomas recebeu, nesta terça-feira (17), o prêmio de Inovação Social Coletiva da Fundação Schwab para Empreendedorismo Social no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. O prêmio Inovadores Sociais do Ano reconheceu 16 projetos em todo o mundo. Na categoria Inovação Social Coletiva foram cinco premiados, com modelos inovadores de colaboração e impacto coletivo para a transformação social. O IPAM integra a iniciativa multi-institucional do MapBiomas com mapeamento do Cerrado e com a coordenação do MapBiomas Fogo.

“O IPAM participa da rede MapBiomas desde sua concepção em 2015. Esse prêmio representa o reconhecimento deste trabalho coletivo e interdisciplinar das várias instituições e pessoas que fazem parte da iniciativa no Brasil e em outros países. A partir desta ciência colaborativa e aberta, a rede tem gerado inovações tecnológicas, mapas e dados sobre as transformações no território brasileiro que contribuem para aplicações, soluções e impactos para a sociedade”, avalia Julia Shimbo, pesquisadora no IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) e coordenadora científica no MapBiomas.

Mudanças sistêmicas

“Problemas complexos não podem ser resolvidos por organizações isoladas, e os premiados da Schwab Foundation deste ano mostram novos modelos de colaboração entre setores usando tecnologia inovadora, redes humanas e recursos e conhecimentos compartilhados. Muitos inovadores sociais têm uma longa história de trabalho em colaboração com outros. A ambição agora é criar mudanças sistêmicas por meio de esforços coletivos”, disse François Bonnici, diretor da Fundação Schwab para Empreendedorismo Social.

A contribuição para mudanças sistêmicas foi uma das metas de Tasso Azevedo, coordenador-geral e idealizador do MapBiomas. “O acesso livre a informações e dados atualizados, históricos e de qualidade sobre o uso e cobertura da terra é premissa para a implantação de políticas públicas, combate ao desmatamento e para a atuação responsável de empresas. Hoje qualquer pessoa com acesso à internet tem condições de verificar o que está acontecendo em todo o território nacional, que foi repartido em módulos de 30 metros quadrados, analisados segundo sua cobertura, seu uso e sua situação fundiária, entre outros critérios”, detalha.

Cooperação internacional

A categoria Inovação Social Coletiva soma-se a outras três, que nortearam a escolha dos premiados até o ano passado: Empreendedores Sociais, Intraempreendedores Sociais Corporativos e Intraempreendedores Sociais Públicos. Os vencedores são selecionados pelos membros do Conselho da Fundação Schwab. O comitê de seleção inclui Helle Thorning-Schmidt, que foi primeira-ministra da Dinamarca de 2011 a 2015; a especialista em inovação social Johanna Mair, que é professora de Organização, Estratégia e Liderança na Escola de Governança Hertie na Alemanha; e H.M. rainha Mathilde da Bélgica, membro honorário do conselho.

“Os Inovadores Sociais do Ano de 2023 representam uma geração de líderes de mudanças sociais e ambientais que demonstram que modelos inovadores de cooperação e ação em todos os setores são essenciais para progredir nos desafios complexos que enfrentamos”, disse Hilde Schwab, cofundadora e presidente da Fundação Schwab para Empreendedorismo Social.

Novo prêmio

Em abril do ano passado, o MapBiomas recebeu o Prêmio Skoll 2022 de Inovação Social, ao lado de outras cinco iniciativas globais. A premiação é a maior e mais tradicional para inovadores sociais e terceiro setor.


Este projeto está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Saiba mais em https://brasil.un.org/pt-br/sdgs.