×

IPAM Amazônia | Carta aberta: 25 anos do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Carta aberta: 25 anos do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia

29.05.2020Opinião
daisy photographed from below

Nesta sexta-feira, 29 de maio de 2020, o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, o IPAM, faz 25 anos de história.

Há dois meses, nossos planos para esse dia envolviam uma grande festa, palestras e plantio de mudas em cidades onde atuamos. Era uma data para celebrar todos aqueles que ajudaram a construir essa grande história: dos fundadores visionários, que se uniram por um ideal de desenvolvimento sustentável, aos funcionários e parceiros atuais, que mantêm e colocam o sonho em pé.

Os planos mudaram devido à pandemia do novo coronavírus. O abraço será virtual, e as ações comemorativas em campo vão ficar para depois. Mas o sonho permanece, e o sentido de comunhão que buscamos para essa data nunca esteve tão fortalecido.

Muitas lições são tiradas desse período que vivemos. Algumas delas são de foro íntimo; outras, sobre a sociedade em que estamos inseridos e sobre as escolhas que fazemos. Neste ínterim, a missão do IPAM ganha contornos nítidos. A pandemia expõe o que há de melhor e de pior entre nós, incluindo mazelas sociais e ambientais que enfrentamos desde o início da nossa caminhada.

Criar soluções para algumas dessas mazelas é nosso papel.

Por isso, e pensando naqueles que mais precisam, lançaremos amanhã a campanha #SomosTodosAmazônia. Com sua ajuda, compraremos produtos frescos de agricultores familiares da Amazônia, que tiveram sua renda reduzida devido às necessárias medidas de isolamento social. Esses produtos serão organizados em cestas e destinados a famílias carentes de cidades onde atuamos, também afetados pela mesma situação.

Lançaremos a campanha #SomosTodosAmazônia em uma live no dia 29, às 16h, com a presença de duas convidadas especiais, as atrizes Dira Paes e Maitê Proença, que conversarão com nossos pesquisadores Paulo Moutinho e Ane Alencar sobre os desafios e as belezas da Amazônia. Ela será transmitida em youtube.com/IPAMclima.

Acompanhe nossas comunicações e nossas redes sociais para saber como participar da campanha. Vamos, juntos, gerar renda para os produtores e alimentar quem passa fome. 

Não poderíamos fazer nada menos do que isso. Nós somos Amazônia. Nascemos, crescemos, nos criamos Amazônia. E agora, quando pairam sobre a região grandes ameaças, nossos corações, mentes e competências trabalham para amenizar o sofrimento dos afetados pela pandemia e pela degradação ambiental.

A Amazônia é grande sim, mas não só em dimensões territoriais. É imensa em histórias e em conhecimento, e esses devem ser preservados. Essa é nossa reflexão nos 25 anos de IPAM. A Amazônia é de todos. A Amazônia precisa de todos. Venha conosco nessa causa.

André Guimarães

Diretor-executivo do IPAM