×

IPAM Amazônia | Revista Veja reconhece o IPAM como um dos mais inovadores do país

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Revista Veja reconhece o IPAM como um dos mais inovadores do país

21.11.2017Notícias
daisy photographed from below

A revista Veja acaba de lançar o prêmio “Veja-se”, que “busca valorizar as histórias inspiradoras de cidadãos excepcionais que, muitas vezes longe dos holofotes, se destacaram em 2017 como agentes de mudança na sociedade brasileira”. Entre os três selecionados na categoria Inovação está Ane Alencar, diretora de ciência do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia – IPAM, com mais de 20 anos de casa e pesquisadora reconhecida internacionalmente.

Escolhida por um júri de notáveis que levou em conta critérios como impacto social, alcance e originalidade, Ane participa como líder da equipe que desenvolveu o aplicativo Alerta Clima Indígena, atualmente já usado por mais de 150 indígenas que, por ele, agora podem monitorar o impacto de focos de calor, desmatamento e risco de seca nas terras indígenas da Amazônia brasileira, além de outras funcionalidades. O aplicativo também venceu o prêmio Desafio de Impacto Social Google 2016.

A votação popular vai até dia 03 de dezembro e se somará com a escolha da Comissão Julgadora para definir os vencedores. O resultado final será divulgado em 12 de dezembro de 2017.

“Quase todos os jovens indígenas hoje têm Facebook, celular. Essa adesão à tecnologia nos permite engajá-los no processo de gestão territorial”, disse Ane para a Veja. Em 2017, o IPAM começou a buscar maneiras de expandir a plataforma e fazer com que os alertas dos povos indígenas cheguem diretamente aos órgãos responsáveis, como a Funai e o Ibama. “Sempre tive amor pelo meu país e pela Amazônia. Tudo o que fiz até hoje visou a melhorar a qualidade de vida dos meus conterrâneos amazônidas”, afirmou a pesquisadora, que é natural de Belém do Pará.

O app é um desdobramento do SOMAI – Sistema de Observação e Monitoramento da Amazônia Indígena, plataforma que dispõe das informações mais atuais sobre a situação das mais de 380 terras indígenas da Amazônia, a área conservada de floresta e as ameaças ambientais e antrópicas que sofrem.