×

IPAM Amazônia | Propostas para plano de agricultura familiar serão debatidas em Sorriso/MT

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Propostas para plano de agricultura familiar serão debatidas em Sorriso/MT

03.03.2017Notícias

Entidades da sociedade civil e poder público se reunirão para discutir propostas sobre a elaboração do Plano Estadual da Agricultura Familiar de Mato Grosso (PEAF-MT). O evento acontecerá na próxima terça-feira (07), a partir das 8h, no Centro de Eventos Ari José Riedi, em Sorriso (395 km ao sul de Cuiabá). A cidade será a segunda a receber o encontro, que já passou por Várzea Grande.

A Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf-MT) é a entidade responsável pelo plano, e conta com a parceria do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS), Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), Instituto Centro de Vida (ICV) e Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer).

Segundo o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes, o PEAF é uma proposição inédita do governo em dialogar com os agricultores familiares, sociedade civil e pesquisadores para nortear a aplicação de recursos públicos de forma orientada. De acordo com Fernandes, o PEAF-MT será uma fotografia da situação da agricultura familiar.

Os encontros serão realizados em municípios definidos estrategicamente para contemplar todas as regiões do estado. O público-alvo é formado por pequenos produtores, instituições públicas e sociedade civil, ligadas à agricultura familiar mato-grossense.

Os temas, discutidos por meio de grupos de trabalho durante o evento, são: gestão, territorialidade, governança, produção sustentável, regularização fundiária e ambiental, e agregação de valor e comercialização.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas antecipadamente pelo formulário disponível no site da Seaf.

Confira abaixo a lista de municípios e locais onde ocorrerão os outros encontros:

Juína – 10.03 – Câmara Municipal – 8h

Guarantã do Norte – 14.03 – Centro de Eventos do Cerrado – 8h

Querência – 17.03 – Câmara Municipal – 8h

Cáceres – 21.03 – Câmara Municipal – 8h

Rondonópolis – 24.03 – Sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais – 8h