×

IPAM Amazônia | Consultoria para análise técnica do projeto Norad OCF

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Consultoria para análise técnica do projeto Norad OCF

19.12.2018

Consultoria para análise técnica das atividades realizadas no projeto NORAD OCF 

 Projeto: NORAD OCF (Observatório do Código Florestal)

  1. Contextualização

O Observatório do Código Florestal – OCF foi criado em maio de 2013, por sete instituições fundadoras, atualmente com 29 membros. Seu objetivo é congregar instituições da sociedade civil para promover o controle social e a promoção da implantação do Código Florestal, o projeto intitulado “Forest Code Observatory: Enhancing the role of Brazilian civil society for reducing deforestation and for restoring degraded lands” tem como um dos objetivos apoiar as ações do observatório e promover a efetiva execução da Lei de Proteção da Vegetação Nativa (LPVN) lei nº 12.651 de 25 de maio de 2012.

  1. Objetivo do trabalho

A consultoria deverá fazer uma revisão na parte técnica do projeto, mais especificamente na aderência do plano inicial aprovado e o realizado até o momento.

  1. Descrição das atividades

 

  1. Diagnosticar a situação das atividades realizadas até o mês de dezembro de 2018;

 

  1. Analisar o contrato aprovado com o financiador e a execução das atividades;

 

  1. Fazer um relatório/diagnóstico sobre o que já foi executado em detrimento ao aprovado no projeto inicial, analisando: (1) relevância, (2) efetividade, (3) eficiência, (4) impacto e (5) sustentabilidade;

 

  1. Todos os produtos devem ser entregues na língua inglesa.

 

  1. Período do trabalho a ser desenvolvido

As atividades deverão ser realizadas num período de 30 dias, iniciando em 22/01/2019 e com prazo final de entrega dos produtos previsto para o dia a 28/02/2019.

O relatório final será apresentado ao IPAM e aprovado pelas pesquisadoras Laura Braga e Gabriela Savian.

  1. Resultados esperados/produtos

Produto 1 : Relatório com diagnóstico técnico do que foi realizado até dezembro de 2018 em detrimento ao projeto aprovado inicialmente pela NORAD, considerando os cinco parâmetros listados acima.

 

  1. Período do contrato:

22/01/2019 a 28/02/2019

 

  1. Prazo de envio das propostas:

Até 15/01/2019

As propostas devem conter a metodologia, cronograma de execução, equipe e proposta orçamentária.

 

  1. Qualificação do profissional

O profissional deve demonstrar experiência comprovada com esse tipo de análise de projetos, denominada como “Mid-Term Review”.

 O profissional responsável pelo recebimento dos produtos e acompanhamento da execução do serviço é Laura Braga – laura.braga@ipam.org.br (gerente do projeto).

  1. CRITÉRIOS DE ESCOLHA

 

CRITÉRIOS PARA PONTUAÇÃO E ESCOLHA DA PROPOSTA
CADA ANO DE ATIVIDADE EXERCIDA PELA EMPRESA 1 PTS POR ANO
SERVIÇO EXECUTADO NO MESMO OBJETO DO TDR 5 POR COMPROVAÇÃO
PROPOSTA DE PREÇO 5 P/MENOR
PROPOSTA DE PREÇO 3 P/ 2o Menor… 2pts p/ 3o menor
TER RESIDENCIA NO LOCAL DA CONTRATAÇÃO 0  NÃO RELEVANTE
TITULOS DE ESPECIALISTA 2 POR TÍTULO
TOTAL 16
  1. Será considerada vencedora a empresa que obter maior pontuação de acordo com o quadro acima;
  2. As comprovações poderão ser enviadas em formato digital, podendo o IPAM solicita os originais caso seja necessário.
  3. A proposta de preço devera ser clara com preços em reais destacadas na proposta.
  4. Em caso de dúvidas enviar e-mail a laura.braga@ipam.org.br ;
  5. Em caso de empate, será feito entrevista com as duas melhores propostas financeiras e decidido pela equipe do projeto a vencedora.

 

Se candidate

Anexar currículo (Somente PDF)