×

IPAM Amazônia | Agricultores familiares doam alimentos para abrigo de crianças em Pacajá

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas
IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Protocolo quioto, o que é protocolo de quioto, porque lugares como florestas tem mais chuvas?, credito de carbono, redd, mudanças climáticas globais, o que é efeito estufa, protocolo de kyoto

Protocolo de Quioto, Ipam, Efeito Estufa, Mercado de Carbono, Recuperação de áreas degradadas, Mudanças Climáticas, Crédito de Carbono, Mudanças Globais climáticas

IPAM Amazônia | Desenvolvimento sustentável da Amazônia pelo crescimento econômico, justiça social e proteção da integridade de seus ecossistemas.

Agricultores familiares doam alimentos para abrigo de crianças em Pacajá

29.10.2018Notícias
daisy photographed from below

Um grupo de agricultores familiares em Pacajá (PA) vai doar, a cada 15 dias, uma cesta de alimentos produzidos por eles para um abrigo de crianças e adolescentes na cidade. Frutas, hortaliças, legumes e outros produtos, como farinha, peixe, pão e bolo, vão ajudar os coordenadores da casa a encherem os pratos com comida de qualidade.

A primeira doação aconteceu na sexta-feira, no dia da Feira da Produção Familiar, que reúne 42 famílias de agricultores e funciona quinzenalmente no centro da cidade. O abrigo recebe crianças que foram abandonadas pelos pais ou sofreram alguma violência.

“Quando fizemos a proposta para ajudar o abrigo, imediatamente os agricultores começaram a encher a cesta. Foi incrível”, conta a engenheira agrônoma Denise Reis, do IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia), que apoia a feira.

“Acredito que essa doação fará diferença na alimentação das crianças e adolescentes. Vamos continuar doando”, afirma a agricultora Felisbela Maria Costa, presidente da Cooperativa de Produtores Familiares de Pacajá.